segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

O que aprendemos com as frustrações e adversidades ?

Vivemos numa sociedade que lhe diz o tempo todo que você tem que ser um vencedor. E o pior: nessa sociedade, ser vencedor significa obter sucesso financeiro ou obter fama.
Tudo o que aprendemos a ter obtido sucesso está fora de nós mesmos. Perdemos a simplicidade do viver em função de valores internos.
Dentro dessa perspectiva, toda adversidade que frustra nossos desejos, nos parece ser grande demais, além nas nossas forças para suportá-la. Daí, surge, muitas vezes, o desejo de desistir, as vezes até mesmo desistir de viver.
Esquecemos que o verdadeiro sentido da vida está em conquistas. Mas não em conquistas materiais, e sim, em conquistas interiores.
Os obstáculos- podemos torná-los pedras de tropeço, para nos jogar no fundo do poço, ou podemos utilizá-los como degraus, que nos tornarão cada vez mais experientes e sábios, e nos levarão cada vez mais próximo do encontro consigo mesmo.
O desejo de uma vida sem frustrações e sem adversidades é uma verdadeira utopia, pois, eles são inerentes a existência e têm a função de nos fazer amadurecer e crescer como pessoa.
Pais que fazem todas as vontades dos filhos, que não permitem que tenham perdas e frustrações, que não permitem que tenham dificuldades no seu caminho, não estão ajudando-os em nada, pelo contrário, estão tirando deles a oportunidade de crescer, de tornarem-se pessoas capazes e responsáveis.
Antes de se sentir castigado ou de se achar injustiçado diante das dificuldades que a vida colocar no seu caminho, pense que lição você poderá aprender com ela, e com certeza, você estará cada vez mais perto de encontrar o verdadeiro sentido da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário