terça-feira, 4 de outubro de 2011

Por que treinar a autogestão é tão importante ?



Por que treinar a autogestão é tão importante ?

                        Aos homens não basta saber que existem, mas para que existem (Victor Frankl)

Autogestão em termos administrativos significa a gestão da empresa pelos próprios trabalhadores. Transportando esse conceito para o campo pessoal, pode-se dizer que treinar a autogestão é procurar formas de atuação balizadas por valores internos. Para isso, é preciso aprender a buscar as capacidades internas, necessárias para vencer as adversidades e dificuldades e para transformá-las em motivação  para o crescimento.
As dificuldades e adversidades podem nos destruir ou nos fortalecer, é uma questão de escolha. Depende do que fazemos com elas. A realização pessoal começa nas escolhas e opções de vida que fazemos e principalmente no que transformamos essas escolhas.        
Alguns passos são necessários para superar as adversidades que inexoravelmente a vida coloca no nosso caminho. Entre eles, talvez os primeiros e mais importantes sejam sair do papel de vítima e assumir o comando da própria vida.
Dando continuidade ao treinamento da autogestão, devemos eleger prioridades e procurar meios para viabilizar essas prioridades.

PEQUENO ROTEIRO DA AUTOGESTÃO:
Sonhos – o sonho é o que nos move. Sem eles não há motivação nem movimento;
Metas – o sonho só se torna realidade se o transformamos em meta a conquistar;
Escolha – transformar sonho em realidade é uma questão de escolha;
Ação – único caminho possível para transformar sonho em realidade;
Competência emocional – necessária para lidar com as adversidades;
Assertividade – saber planejar e escolher os passos e atitudes corretas;
Proatividade – agir de acordo com os próprios valores e não respondendo às provocações externas;
Resiliência – bater a poeira e seguir em frente;
Serendipidade – ter a mente aberta para as possibilidades e ser espontâneo nas ações;
Flexibilidade – adaptar-se às mudanças e situações.

Para praticar esse pequeno roteiro da autogestão, dois pontos são essenciais:
  • Auto-conhecimento – Saber o que rege as nossas ações, o que nos motiva.
Sem o auto-conhecimento os outros tópicos ficam sem sentido.
  • Dar sentido à vida - fazer a vida valer a pena ser vivida.

PERGUNTAS QUE DEVEMOS NOS FAZER PERIODICAMENTE:          
As minhas ações rumo à realização dos meus sonhos:
Têm sido Eficientes ?  Têm produzido efeito ?
Têm sido Eficazes ? Têm produzido os efeitos desejados e esperados ?
Têm tido Efetividade ? Os efeitos têm sido verdadeiros e com continuidade ?
Têm causado Impacto ? Os efeitos têm me levado para mais perto da realização dos meus sonhos ?

De resto, para praticar a autogestão, é necessário está no presente: deixar o passado no passado e esperar o futuro chegar; reconhecer que é capaz de errar e ter a capacidade de se perdoar; buscar novas estratégias sempre; reorganizar plano de vida; ter paixão pelo que faz; dividir alegrias e ter a felicidade como um caminho e não como um fim.

Que tal assumir o comando ?

O mais importante não é o que os outros ou a vida nos fazem, e sim, no que transformamos o que os outros ou a vida nos fazem. Isso é o que faz a diferença.
Gilson Tavares (psicanalista, educador e consultor comportamental)


video


Um comentário:

  1. Eu trabalho como um consultor pessoal em auto-gestão. Auto-gestão aumenta o desempenho da empresa, não há dúvida sobre isso.

    ResponderExcluir