quarta-feira, 1 de março de 2017

PASSOU O CARNAVAL - 2017 COMECOU DE VERDADE. (O QUE VOCÊ ESTÁ FAZEND POR SUA CARREIRA E POR SEU NOGÓCIO?)

 
As empresas são feitas de pessoas, e são elas, as pessoas, que determinam o sucesso ou o fracasso do negócio.

O fator humano tem sido reconhecido como um fator fundamental para as organizações e atualmente é citado como um de seus ativos mais importantes.

As pessoas constituem o principal ativo da organização. Esse é o principal paradigma adotado pelas organizações que pretendam não apenas se manterem no mercado, mas crescer, prosperar e tornar-se referência na sua área de atuação. Dizem os especialistas.

Encontrar formas de transformar as pessoas não apenas em colaboradores engajados com a razão de ser da organização, mas em parceiros, que encontrem razões para serem e fazerem uma única equipe, com um único objetivo, deve ser um desafio constante dos gestores que pretendam construir um ambiente laboral onde haja harmonia e colaboração. E consequentemente, resultados.

Esse é o desafio de uma nova visão, colocando o ser humano como peça fundamental, transformando-o em parceiro, essencial para o sucesso da organização.

Tenho certeza que você já sabe de tudo isso. Como sabe também que é só com funcionário motivado e engajado que se vai gerar um cliente satisfeito;

Que administrar uma organização, mais do que gerenciar processos é gerenciar pessoas. É ter uma visão holística da organização, é proporcionar para que todos os membros da organização conheçam a sua importância como partícula formadora desse sistema;

Que tudo que uma organização é capaz de realizar depende, em última análise, das pessoas com que conta;

Que são as pessoas que fazem a diferença.

E é por isso que investir em Treinamento e Desenvolvimento como estratégia para formar equipes competentes é o melhor caminho para construir o sucesso da sua empresa.

O Treinamento é focado no presente e no cargo ou função. Já o Desenvolvimento visa o Crescimento Pessoal e Profissional; o Desenvolvimento de Habilidades e Competências.

Os programas de desenvolvimento de pessoal visam ao aprimoramento do relacionamento dentro da organização e ao desenvolvimento integral do profissional.

Desenvolver pessoas não é apenas dar-lhes informações para que elas aprendam novos conhecimentos e habilidades, tornando-se mais eficientes naquilo que fazem. É, sobretudo, dar-lhes a formação básica para que aprendam novas atitudes, novas soluções, novas ideias, novos conceitos e que modifiquem seus hábitos e comportamentos e se tornem mais eficazes naquilo que fazem.

Há uma grande relação entre a vida dos indivíduos e os resultados das organizações, portanto, são duas realidades que devem ser levadas em consideração dentro do planejamento estratégico das empresas.

E de quem é a responsabilidade de investir no desenvolvimento do funcionário? A empresa ou o próprio funcionário?

Vou responder com outra pergunta:

Quem se beneficia com o desenvolvimento do profissional?

A empresa e o profissional. Ambos saem ganhando.

A empresa por ter um funcionário mais eficiente, que contribua mais para a realização da missão da empresa, e o funcionário, que tornando-se mais eficiente no que faz, passa também a ser mais valorizado na empresa e no mercado de trabalho, o que acaba contribuindo para  a sua melhoria de qualidade de vida não apenas na empresa mas na sua vida pessoal também.

Sendo assim, não há a menor dúvida que o primeiro passo para a construção da realização pessoal e profissional seja a busca do desenvolvimento, não apenas o desenvolvimento profissional, construindo novos conhecimentos, mas também o desenvolvimento pessoal, buscando adquirir novos hábitos e atitudes, desenvolvendo comportamentos e atitudes equilibradas e alinhadas com os objetivos de vida.

Links relacionados:


O QUE LHE PRENDE NA SUA ZONA DE CONFORTO? 

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL E EMPREGABILIDADE

QUAIS SÃO OS SEUS TALENTOS E O QUE VOCÊ TEM FEITO COM ELES?

INVESTIR NO CAPITAL HUMANO É O MELHOR CAMINHO PARA ENFRENTAR A CRISE!

A COMPETÊNCIA EMOCIONAL E O MARKETING PESSOAL

CAPITAL HUMANO EM TEMPOS DE CRISE
A competência emocional como diferencial na carrei...

A IMPORTÂNCIA DO CAPITAL HUMANO E SEUS REFLEXOS EM UMA ORGANIZAÇÃO

 
http://gilsontavares.blogspot.com.br/p/blog-page_29.html



  


Nenhum comentário:

Postar um comentário